quarta-feira, 15 de julho de 2015

“EU SOU HOMEM COM H..." Ser Homem com “H“ vai muito além do excesso de testosterona...


Hoje é o dia Nacional do Homem! Parabéns, meus amigos!! Selecionei aqui 10 atitudes que podem lhe fazer um Homem de verdade:

1. Ter uma só mulher e não várias. Respeito, atenção, gentileza, cavalherismo. Sim, disposto a pagar a conta e não enxergar a mulher como frágil e inferior por isso. Se ela for feminista demais, acha cavalheirismo algo ultrapassado e se ofende quando você tenta ter um gesto gentil, então fuja, porque um homem de verdade precisa mesmo é de uma mulher de verdade;

2. Governar bem a sua própria casa, tendo seus filhos sob disciplina, com todo respeito.”  Ser o exemplo vivo;

3. Ser trabalhador, integro, sincero, ter um caráter irrepreensível, ser uma “espécie rara” em meio a uma sociedade corrompida pela desonestidade;

4. Ter autodominio, ser temperante, moderado. Saber se controlar; “Muitos governam países, mas são controlados por suas emoções doentes” (Augusto Cury);

5. Ter bom testemunho dentro e fora do lar. Ninguém está mais apto para dizer quem é você do àqueles que convivem com você na intimidade do lar;

6. Não ser mentiroso. O mentiroso perde o crédito. Ninguém mais passa a crer em suas palavras, ainda que elas sejam verdadeiras;

7. Não trair àqueles que o amam. Não seja um Dom Juan inveterado. Alguns homens têm esta Síndrome de Dom Juan e não sabem que é um transtorno caracterizado por necessidade compulsiva por sedução. Um bom profissional poderá ajudá-lo;

8. Não ser dado a bebidas alcoólicas. “Saber beber:  bebida alcoólica e homens têm uma relação amorosa desde os tempos antigos das tavernas e saloons... Atente-se, porém na quantidade que vai ingerir, porque macho que é macho não cai de bêbado (nem leva multa por causa disso)”;

9. Não ser ganancioso. “Porque o amor ao dinheiro é a raiz de todos os males; e nessa cobiça alguns de desviaram da fé, e se traspassaram a si mesmos com muitas dores.” (I Tm 6.10)

10. Não ter vergonha de chorar: “Saiba expressar o que sente: não há vergonha nenhuma em colocar para fora o que realmente está guardado no seu peito. Seja em um relacionamento amoroso ou até mesmo em certos graus de amizade profunda (com outros homens, inclusive), ter a segurança de expressar seus sentimentos não fere a sua masculinidade. Pelo contrário, mostra que você realmente sabe quem você é”.

“Mas tu, ó homem... segue a justiça, a piedade, a fé, o amor, a paciência, a mansidão.” (I Tm 6.11).  

Cuidem-se, Homens!! Visitar um médico faz bem a sáude.

Adaptado de: Epístola de Paulo a “I e II Timoteo e
http://vidaeestilo.terra.com.br