quinta-feira, 2 de outubro de 2014

Ainda há tempo...



02 de outubro de 2014.

Três últimos meses do ano que se finda. O Senhor guardou a nossa entrada e, com certeza,  guardará a nossa saída. Que tenhamos corações agradecidos e transbordantes de amor.

Porém, antes do término deste ano, ainda há tempo para fazermos “todo o bem” que sabemos fazer e não fizemos:
Ainda há tempo de amar os que estão "caídos" pelos caminhos da vida;
Ainda há tempo de se aproximar;
Ainda há tempo de se compadecer;
Ainda há tempo de atar-lhes as feridas;
Ainda há tempo de deitar-lhes azeite e vinho;
Ainda há tempo de levá-los para um lugar seguro;
Ainda há tempo de cuidar...

Ainda há tempo para ter um coração sensível e misericordioso;
Ainda há tempo para que “feridos” de corpo e de alma sejam curados
Ainda há tempo para vivermos à altura do amor que devemos aos aflitos e necessitados!!

Não passemos de largo, pois...
Ainda há tempo...

"Devemos fazer as obras daquele que me enviou enquanto é dia. A noite vem, quando ninguém pode trabalhar." (Jo 9.40).

Um dia cheio de amor!!!
(Isabel Lima)
(*) Quadro de Van Gogh - Il Buon Samaritano - 1890 

Um comentário:

  1. Olá amiga Isabel, sim ainda há tempo, virá o dia em que esse tempo chega ao fim. Isabel ontem terminei um poema que falava quase tudo o que minha amiga falou o titulo do poema é precisamente ainda há tempo,é uma boa recomendação.Paz de Jesus. Peregrino E Servo.

    ResponderExcluir