quarta-feira, 10 de setembro de 2014

"Como vocês quiserem... Vida viva ou vida morta?"


“Alguns meninos se juntaram e fizeram um plano para pegar o sábio desprevenido. Um deles pegaria um passarinho e perguntaria ao sábio o que tinha na mão. O sábio obviamente acertaria. Então outro menino perguntaria se o passarinho estava vivo ou morto. Se o sábio dissesse “vivo”, o menino esmagaria o passarinho entre as palmas da mão. Se o sábio dissesse “morto”, o menino soltaria o passarinho ao vento. Satisfeitos com o plano, foram ao encontro do sábio.

Como previsto, o sábio acertou a primeira pergunta, e disse que o menino tinha nas mãos um passarinho. “Vivo ou morto?”, perguntaram os meninos, cheios de expectativas. E o sábio simplesmente respondeu. “Como vocês quiserem”.

Parece que o Eclesiastes, um sábio, colocou a vida em nossa própria mão e a respeito dela pronunciou: “Como vocês quiserem. Talvez ele devolvesse uma pergunta: “Vocês querem vida viva ou vida morta?”.

Assuma responsabilidades e viva intensamente, sabendo que um dia Deus vai chamá-lo e pedir conta de seus atos, sejam eles bons ou maus.”. (Ed René Kivitz. O livro mais mal-humorado da Bíblia. p. 204-205).

Porque Deus há de trazer a juízo toda obra, inclusive tudo o que está encoberto, quer seja bom, quer seja mal.” (Ec 12.14)


Um comentário:

  1. Muito profundo, todos nós tomamos decisões e atitudes. E muita das vezes esquecemos que um dia teremos a prestação de contas por nossos atos ao Deus Altíssimo. Essas decisões tomadas hoje,em vida, que decidirá ser haverá vida ou a morte eterna, no momento em que Deus pedir a conta dos atos praticados aqui.Que Deus nos dê temor e tremor para termos o discernimento e a sabedoria para decidirmos o melhor para obtermos a vida eterna. Deus a abençoe, amada pelo artigo. Grande abraço.

    ResponderExcluir