quarta-feira, 23 de abril de 2014

Por: JOÃO CRUZUÉ – Blog: “OLHAR CRISTÃO”


Jornalista Ricardo Boechat
"A Polícia Federal investiga o pastor José Wellington Bezerra Costa, presidente da Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil há 25 anos. O inquérito feito a pedido do procurador Antonio Cabral, do Ministério Público Federal, é para apurar supostos crimes previdenciários, de lavagem de dinheiro e contra a ordem tributária. Tudo começou com denúncia ao MPF feita por sete pastores da denominação, representados pelo Escritório Jorge Vacite Neto, do Rio de Janeiro."
Fim
----------------

Comentário do Blogueiro: Na minha pesquisa não encontrei nada no banco de dados do MPF nem da PF. No site da Banca de Advogados constava a mesma notícia do Blog do Jornalista Ricardo Boechat. Sobre este assunto de supostos crimes previdenciários, deve ser café requentado, ainda do tempo da derrota do Pastor Samuel Câmara na Convenção da CGADB em Vitória-ES. 

Se isto é verdade, os tais "sete pastores" que fizeram a denúncia, na  minha opinião, estão iniciando um movimento de ataque no xadrez da próxima eleição da CGADB. O detalhe é que ela vai ocorrer só em abril de  2016. 

Como o maior opositor do atual Presidente da CGADB é o três vezes perdedor da eleição - Pr. Samuel Câmara, posso deduzir que de alguma forma aqueles pastores  estão ligados a ele. Se não fosse verdade, a informação de seus nomes já estaria publicada. Como oração e direção de Deus é algo que não se conjuga em política eclesiástica, eu sinto muito em dizer que Deus também está fora disso. 


E digo mais, assim como o Pastor Cho da Igreja da Coreia colheu o que andou plantando nos 50 anos que esteve à frente daquela Igreja, mais dias, menos dias, Deus também vai abrir a porteira dos escândalos da Igreja Assembleia de Deus do Brasil diante de todo mundo - não importa que líder ele seja.  E vai colocar toda sujeira sob a luz do meio-dia, para que o temor do Senhor volte a fazer parte do caráter de muitos pastores.


(João Cruzué/Blog Olhar Cristão)

P.S.: Texto equilibradíssimo do Pastor João Cruzué, sábio em não fazer julgamento precitado, mas consciente em saber que: “Porque não há nada oculto que não venha a ser revelado e nada escondido que não venha  ser conhecido e trazido a luz.” (Lc 8.17) - (Isabel Lima)





Nenhum comentário:

Postar um comentário