terça-feira, 30 de outubro de 2012

O QUE É O BATISMO NO ESPÍRITO SANTO E O QUE NÃO É O BATISMO NO ESPÍRITO SANTO - PARTE III

O Que é o Batismo no Espírito Santo

a.  É a promessa do Pai (Jl 2.28-30; At 1.4)

b. É revestimento de poder (Lc 24.49). Refere-se ao transbordamento deste poder, ao derramamento do Espírito Santo, como a unção, falando figuradamente, que recebiam, no Antigo Testamento sacerdotes, reis e alguns profetas. (Sl 133.2). O crente fica cheio, pleno, transbordante do Espírito de Deus, quando Este desce sobre a sua vida.

c.É a virtude do Espírito Santo: (At. 1.8), é poder real, poder em ação, poder divino em operação, para o crente realizar grandes obras em nome de Cristo (At 1.8; 2.14-41; 4.31; 6.8, etc).

O falar em outras línguas ou a glossolália (gr. glossais lalo), era entre os crentes do NT, um sinal da parte de Deus para evidenciar o batismo no Espírito Santo. Esse padrão Bíblico para viver na plenitude do Espírito continua o mesmo para os dias de hoje.

O que não é o Batismo do Espírito Santo

a. Não é Salvação: os discípulos já eram salvos antes do dia do Pentecostes (Lc 22.28; 10.20; Jó 13.10; 15.3)

b. Não é Santificação: A pessoa pode ser santificada e cheia do fruto do Espírito (Gl 5.22), e, mesmo assim não falar em línguas estranhas,

c. Não é Alegria: Sentir grande alegria, ou emoção, não significa que o crente é ou haja sido batizado no Espírito Santo.

Continua...

Nenhum comentário:

Postar um comentário