terça-feira, 18 de setembro de 2012

O GOVERNO, O CRISTÃO, A IGREJA E A POLÍTICA - PARTE III

OS DEVERES DOS CRISTÃOS PARA COM O GOVERNO

É impossível o crente ser um bom cristão e mau cidadão ao mesmo tempo. O cristão como um bom cidadão da terra tem responsabilidades para com o Governo:

3.1 Ser Patriota
O cristão tem dupla cidadania:

a) A Cidadania do Céu – “A nossa Pátria está nos céus”  (Fp 3.20)
Na terra somos estrangeiros e peregrinos (Hb 11.13).  Não pertencemos a este mundo – (Jo 15.18,19), aqui estamos somente de passagem.                       

b) A Cidadania da Terra - Nossa Pátria é o Brasil
Temos o nosso Hino Nacional, a nossa Bandeira, nosso chão, nosso céu, nosso mar, nossas matas, nosso povo, nosso lar, nossa cultura,  nossos costumes,  nossa Língua Portuguesa...e muito, muito mais. “Mesmo não tendo permanência aqui nesta Pátria terrestre (Fp 3.20), amamos o nosso Brasil, servimos nossa terra, nossa gente!”.  Ninguém melhor do que o poeta Gonçalves Dias, para expressar o que significa ser um verdadeiro Patriota:

Canção do Exílio

"Minha terra tem palmeiras,
Onde canta o Sabiá;
As aves, que aqui gorjeiam,
Não gorjeiam como lá.

Nosso céu tem mais estrelas,
Nossas várzeas têm mais flores,
Nossos bosques têm mais vida,
Nossa vida mais amores.

Em cismar, sozinho, à noite,
Mais prazer encontro eu lá;
Minha terra tem palmeiras,
Onde canta o Sabiá.

Minha terra tem primores,
Que tais não encontro eu cá;
Em cismar — sozinho, à noite —
Mais prazer encontro eu lá;
Minha terra tem palmeiras,
Onde canta o Sabiá.

Não permita Deus que eu morra,
Sem que eu volte para lá;
Sem que desfrute os primores
Que não encontro por cá;
Sem qu’inda aviste as palmeiras,
Onde canta o Sabiá."
(Gonçalves Dias)

3.2 O Cristão deve Sujeitar-se aos Governos (Rm 13.1I; Pe2.13,14; Tt 3.1)
Sujeitar-se, significa: estar subordinado ou sujeito a, submeter-se,  colocar-se debaixo de.
Razões porque devemos nos sujeitar às autoridades:
a) As Autoridade foram ordenadas por Deus. (Rm 13.1)
b) Resistir as autoridades é resistir as ordenanças de Deus, e há de se arcar com as  
    conseqüências. (Rm 13.2)              
c) Ela é ministro (servo, servidor, serviçal) de Deus. 9Rm  13.4)
d) Não somente por causa do castigo, mas também por causa da consciência para com
    Deus. (Rm 13.5).
e) Lembrar-se do exemplo de Jesus, a sujeição dever ser ato voluntário (Mt 17.24-27; 22.15-22)

O cristão deve sujeitar-se a qualquer tipo de governo que tem o poder, quer seja bom e humano, quer seja  mau e desumano. Quando Paulo escreveu essas palavras em Romanos 13, o terrível Imperador NERO estava no Poder.               

3.3 Até onde o Cristão deve Obedecer ao Governo
O cristão deve obedecer ao governo enquanto a obediência à Lei Civil não envolver a desobediência a Deus. É inconcebível ao cristão obedecer imposições do Estado, quando tais imposições são claramente ilegais e contrárias aos ensinos da Palavra de Deus.           (Dn 3.4-6,10-12; Dn 6. 6-10;  At 4.18-20;  5.27-29, 40-42).

3.4 Atitudes de Desobediência ao Governo
- Atitude revolucionaria é condenada (movimento em massa) (Pv 24.21-22).
  Temos o exemplo na Bíblia do jovem Absalão, quando  se revoltou contra o Rei  
  Davi, seu pai.  (II Sm caps. 15 a 19)
- Amaldiçoar, falar mal das autoridades. (Ex 22.28; Ec 10.20; At 23.1-50)
- Ridicularizar: jogar ovos, tomates, água, xingar com palavras de  baixo calão, etc
   com tais atitudes estamos desonrando as autoridades. “Honrai a todos...” (I Pe 2.17)
- Não assassinar. “Não matarás” (Ex 20.13)
- Não ameaçar. “...Amaras o teu próximo como a ti mesmo” (Mt 22.39)

3.5  Cumprir Leis: Federais, Estaduais, Municipais (Ec 8.2-5)
- Lei de trânsito (velocidade, cinto, pedestres, sinal, etc)
- Lei de conduta (perante a sociedade)
- Haverá Penalidade aos Infratores – Romanos 13
 (Condenação v.2, Terror v.3, Espada v. 4, Castigo v.5)

3.6 Pagar Tributos: impostos, taxas, contribuições, ônus, encargos,etc
Jesus pagou imposto (Mt 17.24-27; Mt 22.217; Rm 13.5-7)

3.7 Honrar as Autoridades (Rm 13.7; I Pe 2.17)
Honrar as Autoridades significa: obedecer,  cumprir Leis, pagar tributos, fazer uso de seu direito de voto e orar pelos Governantes.  Todo cristão que cumpre os seus deveres de cidadão da terra, esta honrando as Autoridades Constituídas de seu País.

3.8 Votar
Todo  cristão como bom cidadão da terra, tem  o dever e a obrigação de votar. Mas antes de votar:
a)  Orar a Deus, pedindo discernimento (Hb 5.13,14)
b)  Não negociar voto (trocas, favores, vantagens, etc)
c)  Não se deixar influenciar por outros
d)  Assistir horário político, debates, comícios, etc
e) Ler sobre prováveis candidatos aos cargos.“Examinai tudo. Retende o bem” (I Ts 5.21)
f)  Não anular seu voto – “Seja porém, o vosso “Sim”, sim, e o vosso “Não”, não...
    (Mt 5.37 /Tg 5.12).
g) Dar preferência para candidatos cristãos honestos, digo novamente – honestos.  (Gl 6.10; Dt 17.15)

3.9 Orar pelas Autoridades (I Tm 2.1,20)
As autoridades precisam da orientação divina: Presidentes, Ministros, Governadores, Prefeitos,  Senadores, Deputados,  Vereadores,  Juizes, Promotores, Advogados, Delegados, Policiais, etc – (I Tm 2.1,2). Devemos orar tanto pela administração como pela salvação deles.

3.10  Quando Justos são Eleitos - “Há alegria” (Pv 28.12)

3.11   Quando Ímpios são Eleitos – “Os homens se escondem” ( Pv 28.28)
Nem todo descrente é ímpio. Há não evangélicos que são homens de bem e há evangélicos que não são honestos.

(Continua...)


Nenhum comentário:

Postar um comentário